CETESB comemora Jubileu 50 anos

August 8, 2018

 

 

A ASEC CETESB firmou uma parceria com a CETESB marcando presença nas comemorações dos 50 anos da empresa. Durante os 26 anos de existência da ASEC CETESB foram inúmeras as ocasiões onde associação e CETESB estabeleceram laços de cooperação técnica, em especial em nossos eventos. Abaixo segue a reprodução do artigo comemorativo que foi divulgado internamente e por veículos oficiais.

 

CETESB comemora Jubileu 50 anos

Em 24/07/1968, nascia uma das mais importantes agências ambientais do mundo

A CETESB está em festa. Criada oficialmente no dia 24 de julho de 1968, como o CETESB (Centro Tecnológico de Saneamento Básico), a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo reuniu diretores e funcionários em sua sede, em 24/07, para comemorar 50 anos. O secretário Eduardo Trani, dirigentes e funcionários do Sistema Ambiental Paulista estiveram presentes assim como o governador Márcio França que fez questão de prestigiar parte das atividades programadas para o dia, ao lado de outros secretários de Estado.

A programação teve início às 9h, com o hasteamento de bandeiras – da CETESB, do Estado de São Paulo e do Brasil - e a execução do Hino Nacional, pela banda da Polícia Militar do Estado. A Bandeira da CETESB foi hasteada pelo funcionário Eliu Julinho Machado, da Agência de Botucatu, sorteado para participar da ação, ao lado de representantes da diretoria e de autoridades.

Em seguida, teve lugar um ato multireligioso, em frente ao Prédio 5 (prédio inicial da Companhia), com a participação de representantes de vários credos – Catolicismo, Religiões Afro-Brasileiras, Budismo, Judaísmo, Protestantismo e Espiritismo.

Na sequência, o governador Márcio França e os secretários João Carlos Meirelles, da Energia e Mineração; Francisco Jardim, da Agricultura; e Rubens Macedo Soares, adjunto de Saneamento e Recursos Hídricos, foram apresentados a diretores, coordenadores, dirigentes e representantes da CETESB e do Sistema Ambiental Paulista, pelo secretário Trani e pelo diretor-presidente, Carlos Roberto dos Santos.

Carlos Roberto, fazendo as honras da casa, em uma homenagem singela, agraciou o governador e o secretário do Meio Ambiente com um “pin” (bottom) contendo a logomarca dos 50 anos da Companhia. O governador, o secretário e o diretor-presidente também inauguraram a primeira de uma série de “árvores digitais”, carimbando suas digitais e assinando seus nomes na árvore montada no “hall” do auditório Augusto Ruschi.

Depois disso, eles se uniram a outros funcionários, para a abertura da “Cápsula do Tempo”, instalada há 25 anos, no jardim que ladeia a rampa de acesso ao prédio principal, na qual foram depositados, na época, vários documentos, fotos e materiais da Companhia, a serem retirados justamente na celebração de 50 anos.

Retirados pela Biblioteca, também responsável pelo Centro de Memória, os materiais compostos de fotos, crachás, documentos e publicações da agência ambiental, principalmente do ano de 1993, foram expostos no hall de entrada do prédio 1.

“Que venham mais 50 anos!”
Márcio França, que descende de uma família de servidores públicos, ressaltou a importância da CETESB e do trabalho executado por seus colaboradores. Você faz a opção, quando tem oportunidade: ser servidor público, numa empresa pública. Aqueles que estiveram no fechamento da Cápsula do Tempo, há 25 anos, talvez não imaginassem que estariam aqui hoje. Vocês escreveram um capítulo importante da história ambiental no mundo”, reiterou.

Além disso, complementou Márcio França: “Há uma sensação de que o que é público é para ser extinto. Pelo contrário, neste país, a população depende muito dos serviços públicos. “Não há nenhum passo importante que tenha sido dado no Brasil, que não tenha sido dado antes, em São Paulo. A CETESB tem um papel fundamental nisso. Vocês estão de parabéns! Que venham mais 50 anos por aí”, disse, finalizando seu discurso.

O secretário Eduardo Trani também celebrou a data e elogiou a CETESB e seus funcionários. Ele recordou a atuação do governador Márcio França, quando de sua passagem como prefeito de São Vicente, há cerca de 30 anos, para ilustrar os esforços feitos na ocasião pelo Governo do Estado e pela Prefeitura na recuperação ambiental e na reurbanização da favela México 70. Ao final, ele cumprimentou os presentes: “Parabéns a todos da CETESB! A todos, os mais de 7.500 funcionários que a CETESB teve ao longo destes 50 anos.”

O presidente da Companhia, por sua vez, agradeceu a todos os presentes e fez questão de dizer que a CETESB “é uma família”. O dirigente também aproveitou para agradecer ao governador pela escolha do secretário Trani para a pasta do Meio Ambiente e enfatizou o pioneirismo da agência ambiental paulista, entre outros, no atendimento às emergências químicas e na atuação como órgão de fomento à saúde pública, por tratar de questões como poluição e contaminação do meio ambiente. No fim, saudou com um “viva” a todos os funcionários. Em seguida, houve um serviço de buffet, de confraternização geral.

E a comemoração continuou...
O hall do auditório ficou pequeno. Nele teve início as comemorações, que marcaram o período da tarde dos 50 anos da Companhia. Funcionários, antigos e novos, se encontraram e nos abraços trocados a fisionomia era de orgulho e de missão feita com louvor.

O momento de emoção foi embalado com a apresentação do coral da CETESB, entoando músicas da época da formação da companhia, entre 1968 e 1973, como Sá Marina, de Tibério Gaspar e Antônio Adolfo, e Orgulho de Sambista, de Gilson de Souza. “Iniciamos com 18 cantores, hoje somos 30. Aproveito, para agradecer quem apoia o nosso sonho,” declarou o maestro Gualtieri Beloni Filho.

Depois, os presentes foram convidados a adentrar no auditório Augusto Ruchi, palco de tantos momentos importantes, para acompanhar a palestra do ex-secretário José Goldemberg, que explanou sobre os motivos da criação da CETESB.

O professor ressaltou que a Companhia, foi criada em 1968, como uma empresa moderna, que seguia padrões de controle de poluição usados nos países desenvolvidos. “A CETESB é um órgão especial que multa, fiscaliza, mas que deve educar, informar o que existe de novo em tecnologia,” concluiu Goldemberg.

O anfitrião da tarde, Carlos Roberto dos Santos, ressaltou que a CETESB teve inicio com 15 funcionários e hoje agrega 1.936. “Sem medo de errar, digo que a empresa é um dos orgulhos da população paulista.”

A seguir, acompanhado do secretário Eduardo Trani, presentou os ex-secretários presentes – Stela Goldenstein, Francisco Graziano e Pedro Ubiratan – e os ex-diretores-presidentes, Dráusio Barreto, João Gualberto, Otavio Okano e Walter Lazzarini – com o pin comemorativo da data. Agraciados, também, simbolizando todos os funcionários, Mário Liguori, o mais antigo de casa, e Alexandre Shigueru Sakai, o mais novo na Companhia.

A confraternização teve seu final no hall, onde o parabéns foi cantado e onde todos degustaram um pedaço de bolo feito com carinho para ocasião. O coral encantou com novas canções e com um novo integrante, Carlos Roberto dos Santos.

Texto

Mário Senaga e Cris Couto

Fotografia

José Jorge e Pedro Calado

Revisão

Cris Leite

 

Please reload